logo
MENU
O queijo reino é uma iguaria muito vista na mesa dos brasileiros, principalmente em épocas como o Natal. Com um gosto peculiarmente delicioso e levemente picante, o queijo reino conquistou o paladar de muitas famílias que não abrem mão dessa delícia na mesa.

Mas você já se perguntou como o queijo reino tem aquela aparência amarelada forte e com crosta vermelha? Conhece os segredos para se fazer um bom queijo reino? Nós pesquisamos e viemos, através deste artigo, te contar um pouco mais sobre a história do queijo reino e os mistérios por trás da fabricação.

Se interessou? Então continue lendo!

DE ONDE VEM O QUEIJO REINO?

Entre os anos de 1530 e 1822, era comum que a família real portuguesa trouxesse para o Brasil um tipo de queijo chamado Edam. Esse queijo era colocado em barris que, anteriormente, traziam e armazenavam os vinhos para o país.

Naquela época, as viagens - que eram feitas apenas por navio - demoravam longos meses e o queijo permanecia dentro dos barris por todo este período. Sendo assim, o tempo de maturação, textura, sabores mudavam e era comum que uma casca avermelhada viesse de acréscimo devido a cor dos vinhos deixados nos barris. Então, no final da viagem, o queijo já era outro completamente diferente depois de tantas transformações.

O novo queijo que conhecemos e amamos atualmente, foi batizado então como o ''queijo reino'' de Portugal.

Por sua escassez, devido a demora de remessas no translado, o queijo reino era uma raridade no Brasil. Comumente incluídos em cestas de presentes para familiares ou amigos próximos, essa tradição se perpetuou até os dias atuais com a única diferença de que agora, é possível encontrá-lo em qualquer supermercado ou loja de laticínios da região.

O queijo reino é perfeito para ocasiões especiais e seu sabor combina perfeitamente com vinhos tintos. Além disso, é uma iguaria excelente para ser servida individualmente ou como composição de receitas.

QUAL O SEGREDO PARA FABRICAR O QUEIJO REINO?

Muitas pessoas pensam que, por antigamente o queijo ter adquirido a crosta nos barris de vinho, atualmente essa camada adicional seria feita da mesma maneira.

Hoje em dia, temos uma tecnologia mais segura e apropriada para a fabricação do queijo reino e o maior segredo para tal é: UTILIZAR UM CORANTE NATURAL NÃO PREJUDICIAL À SAÚDE.

Com o sabor que conhecemos, esse corante mantém a aparência impecável e linda do queijo reino e deixa o sabor delicioso. Ele também é responsável principalmente por manter o queijo reino livre de contaminações ou de estragar.

Gostou de saber mais sobre a história e segredos do queijo reino? Se você já fez uma receita com o queijo reino ou já fez sua própria fabricação do mesmo, conte sua experiência para nós!
 
Tecnologia
iSET - Plataforma de E-commerce para criar loja virtual
Plataforma de E-commerce para criar loja virtual